Redação

casal-estelionato

O homem ainda tentou subornar os policiais para não ser preso. Foto: BH/Banda B

Um casal foi preso nesta quarta-feira (23) por policiais civis da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) tentando levar móveis de uma loja, no bairro Portão, em Curitiba, comprados a prazo com o nome de outra pessoa. Ivan Carlos Coutinho, 43 anos, e Elisangela de Jesus Cruz, 32 anos, foram detidos em flagrante no momento que levariam as compras.

De acordo com a investigação, Elisangela, utilizando nome de outra pessoa, foi até a loja de móveis, e fez uma pré-compra à prazo de vários móveis no valor aproximado de R$ 4,5 mil. Os móveis deveriam ser entregues em determinado local. Na tarde da última quarta, juntamente com Coutinho, a mulher foi até a loja dizendo que não seria possível a entrega na residência inicialmente indicada e que eles iriam levar os móveis ainda naquele dia.

Foi neste momento em que o casal foi preso pelos policiais da DEDC, afinal, o casal estava utilizando o documento de outra pessoa (sem o conhecimento dessa pessoa), efetuando uma compra, obtendo, assim, a vantagem ilícita. Durante o caminho, Coutinho ofereceu R$ 3 mil aos policiais para não ser preso.

Coutinho foi preso em flagrante por estelionato e corrupção ativa. Elisangela foi presa em flagrante por estelionato. De acordo com o delegado-adjunto da DEDC, Matheus Laiola, há provas robustas contra o casal. “ Inclusive gravamos em vídeo a oferta que Coutinho fez aos policiais para que não fosse preso. Pela investigação, não é a primeira vez que Elisangela pratica este golpe”, disse o delegado.

Na delegacia, verificou-se que Elisangela era foragida da Justiça, já que havia contra ela um mandado de prisão em aberto pela prática dos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso. “Agora vamos verificar se este casal realizou outros golpes nos comércios, já havendo fortes indícios de que Elisangela já fez outras vítimas praticando este tipo de golpe ”, disse o delegado-titular da DEDC, Marcelo Lemos de Oliveira.