Por Marina Sequinel

(Fotos: Banda B)

A Vila Torres, em Curitiba, virou mais uma vez palco de violência durante a tarde desta segunda-feira (19). Um casal estava em uma papelaria na Rua Manoel Martins de Abreu quando os autores pararam próximo a eles e atiraram. Os dois morreram e outras duas pessoas ficaram feridas com os disparos.

Segundo informações preliminares, a jovem Suellen Cristina Mantovani Costa, de 25 anos, morreu no local. O marido dela, identificado como Márcio Ferreira da Silva, de 27 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do Hospital Cajuru.

“Pelos vestígios no chão, percebemos que a mulher correu cerca de 300 metros para longe da loja. Ela foi perseguida e caiu na Rua Plácida Tomazi Zanotto. Mais duas pessoas que estavam no comércio ou na rua também foram atingidas, parece que por acaso”, disse o delegado Renato Coelho em entrevista à Banda B.

Uma jovem de 18 anos foi baleada no braço, enquanto a quarta vítima ficou ferida na perna com os estilhaços. Nenhum dos dois corre risco de morte. De acordo com o delegado, há indícios de que Márcio esteja envolvido em um atentado contra um rapaz de nome Fabrício na região. “Ainda é cedo para afirmar, mas talvez ele tenha sido o autor dos disparos contra esse homem durante o fim de semana. Mas tudo isso precisa ser investigado”, concluiu ele.

Não há informações sobre o tipo de veículo que os criminosos usaram para fugir do local. Os corpos do casal foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba e a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.