Um casal de estelionatários que vendia documentos falsos e talões de cheques para outras pessoas praticarem golpes foi preso em flagrante no final da tarde da última sexta-feira (18) em um bar da rua Monsenhor Celso, no Centro de Curitiba. Maria José Vengzen, 49 anos, e Valdívio Dias de Almeida, 60 anos, foram presos graças a uma ligação anônima, que levou à polícia até o estabelecimento comercial.

Juliano Cunha – Banda B

De acordo com o delegado Amarildo Antunes, da Furtos e Roubos, a dupla intermediava golpes para terceiros, vendendo cheques e documentos por um valor baixo. “Eles recebiam bastante dinheiro pela quantidade que movimentavam. O Almeida já possuí antecedentes e graças a participação da população conseguimos tirá-lo das ruas”, disse.

Antunes afirmou que a dupla irá responder por estelionato. “Recolhemos uma grande quantidade de cheques roubados e falsificados, além dos documentos falsos utilizados para conseguir esses cheques”, comentou.