Bruno Henrique/Banda B
Ele desviou a carga de óleos de soja para quadrilha especializada em repassá-la a outros mercados

A farsa de um caminhoneiro ao procurar a Delegacia de Estelionatos e Desvios de Cargas (DEDC) para registrar um Boletim de Ocorrência na manhã desta sexta-feira (1º) foi descoberta pela polícia. Ele teria desviado a carga de óleos de soja para uma quadrilha especializada em repassá-la a outros mercados.

O caminhoneiro transportava produtos para mercados da região metropolitana de Curitiba – São José dos Pinhais e Fazenda Rio Grande – quando teria sido roubado no Contorno Leste, segundo ele. Ao chegar na delegacia especializada, policiais desconfiaram da versão apresentada por ele por ter informações vazias e contraditórias sobre o roubo. Depois de algumas tentativas de explicar o que efetivamente aconteceu, o caminhoneiro confessou que tinha desviado a carga para uma quadrilha. Ele ainda indicou quatro nomes de donos de mercados na região do Sítio Cercado que comprariam a carga desviada assim que fosse possível.

Policiais foram nestes locais apontados pelo caminhoneiro e encontrou partes da carga em quatro mercados do bairro. Os donos foram autuados em flagrante por receptação e após o pagamento imediato de R$ 1 mil foram liberados. O caminhoneiro também pagou a mesma quantia e foi liberado. Eles não possuíam nenhuma passagem pela polícia.Membros da quadrilha que fizeram a receptação dos produtos não foram encontrados.