Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

O Centro de Curitiba foi palco de uma briga entre uma suposta cafetina e duas travestis. Uma delas foi esfaqueada na mão e precisou de socorro do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), que a encaminhou ao Hospital Cajuru. A agressora foi encaminhada ao 1º Distrito Policial para prestar esclarecimentos.

A confusão aconteceu na rua Monsenhor Celso quase esquina com a José Loureiro. A motivação da briga, entre outros relatos, teria sido a cobrança de um valor pago para usar as dependências da pensão e uma espécie de ‘comissão’ a ser paga para a cafetina.

A amiga da agredida, Emanuele, falou à Banda B que a briga entre elas é constante. “Ela cobra de tudo as bicha que se prostituem aqui no centro de Curitiba. Se não pagar pra ela, corta tudo a gente. Tá aí minha amiga esfaqueada aqui, com facão. Ela colocou a mão na frente e só o braço pegou”, contou.

A vítima, de 20 anos, conhecida como Luana, foi levada ao hospital, conforme detalhou o cabo Emerson do Corpo de Bombeiros. “É um ferimento na mão, ela contou que foi agredida. Está consciente, mas tem que suturar esse ferimento”. A agressora foi levada para a delegacia e um Boletim de Ocorrência (BO) seria confeccionado.