Da PMPR

 

A Força Tarefa, composta por policiais militares e policiais federais, prendeu em flagrante, na madrugada desta terça-feira (1º), um bombeiro militar que transportava 42kg de crack de Foz do Iguaçu à Curitiba. Na casa dele, em Guarapuava, na região central do Paraná, os policiais também localizaram mais 26kg da mesma droga, um revólver calibre 22, além de cerca de 700 DVDs piratas.

A equipe da Força Tarefa recebeu informações sobre a ação do bombeiro e conseguiu abordá-lo, por volta das 5h30, próximo ao Hospital das Clínicas, em Curitiba, em um taxi. Com ele estavam os 42kg de crack. De acordo com as informações do capitão Alexandre Lopes Dias, que integra a Força Tarefa pela PM, o bombeiro militar relatou que na casa dele havia mais droga e, por isso, outra equipe seguiu até lá.

No local foram encontrados mais 26kg de crack em tijolo, além da arma e dos DVDs. Este material deve, assim como o restante encontrado com o bombeiro, ser encaminhada à Superintendência da Polícia Federal, no Santa Cândida, em Curitiba, para investigações criminais sobre o caso e as ações do bombeiro.

O bombeiro, que é cabo, pertence ao 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Foz do Iguaçu, está na corporação há 18 anos, e estava no Bom Comportamento.

MEDIDAS – O Comando do Corpo de Bombeiros informa que o bombeiro preso fica agora à disposição da justiça. “Internamente abrimos um procedimento administrativo para apurar os fatos, o qual vai também analisar a permanência ou não do bombeiro nas fileiras da corporação. Todo militar estadual tem direito à uma investigação interna quando algum fato acontece”, disse o Comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Juceli Simiano Junior. Além das medidas internas, o bombeiro deverá responder criminalmente.