(Foto: Flávia Barros – Banda B)

 

Uma suposta briga por conta do som alto de uma festa terminou com a morte de um homem de 40 anos em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, na madrugada deste domingo (13). Um policial militar que estava de folga também se feriu durante a troca de tiros, que aconteceu na Rua Rolândia, no Jardim Paloma.

Segundo uma moradora da região, que preferiu não se identificar, o barulho começou por volta das 22h de ontem. “Ficou a noite inteira desse jeito, eu não fechei os olhos. Às 3h e pouco eu até fui lá pedir para diminuírem o som, outras pessoas também tentaram, mas não deu em nada. Nisso, alguém falou em chamar a polícia e eu acabei indo embora”, contou ela em entrevista à Banda B.

Um policial morador da vizinhança, que estava de folga, foi até a casa onde acontecia a festa e foi recebido a tiros. Ele revidou e atingiu o autor dos disparos, que morreu ainda no local. O PM também foi baleado e precisou ser socorrido ao hospital, em estado grave. “Ele sofreu pelo menos uma fratura na perna ao ser atingido e teve que passar por cirurgia”, comentou o tenente Zasewski, que atendeu a ocorrência.

De acordo com ele, o homem que morreu possuía passagem por porte ilegal de arma de fogo. O corpo do rapaz foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba. As armas usadas por ele e pelo PM foram apreendidas e levadas até a delegacia do Alto Maracanã, em Colombo.

Caso na Vila Zumbi

Outra morte foi registrada em Colombo durante a madrugada de hoje. Dois homens encapuzados invadiram uma residência na Rua Francisco Pompílio de Lima, na Vila Zumbi, e atiraram contra Cleverson dos Santos Lopes, de 25 anos.

A dupla fugiu após o crime e ainda não foi localizada. Ninguém soube informar se os dois saíram a pé ou usaram algum veículo para escapar.

A delegacia do município investiga o caso.