Uma briga de trânsito movimentou a região central de Curitiba durante o horário de pico nesta quinta-feira (21). Por volta das 18h30, depois de uma ‘fechada’, um soldado da Polícia Militar (PM) saindo do trabalho e um jovem, que a todo o momento dizia ser “influente”, discutiram e por pouco não partiram para a agressão. Foi necessária a intervenção de policiais do Batalhão de Trânsito (Bptran) e o caso foi parar na Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).

O soldado da PM estava em um Fiat Uno e o jovem em um Peugeot 407. Na Rua Conselheiro Laurindo uma ‘fechada’ de um dos veículos deu início à confusão. O jovem, acusado de ter desacatado e ofendido o soldado, disse que só o fez porque não sabia que ele era um PM. “Foi uma discussão de trânsito normal. Eu nem vi que ele era PM e a gente trocou ofensas. Depois ele me fechou e chamou reforço”, argumentou.

Já o subtenente Ribeiro, do 12° Batalhão da Polícia Militar, deu outra versão. “Este rapaz estava fazendo ziguezague pela rua visivelmente embriagado. Foi dada voz de abordagem e ele começou a ofender o PM e dizer que era influente. O fato dele ter xingado o soldado, nós relevamos, porque estamos acostumados, mas ele vai ter que responder por direção perigosa e por estar dirigindo embriagado”, afirmou.

Uma testemunha ouvida pela Banda B atestou a versão da polícia. “Ele vinha fazendo direção perigosa e ao ser abordado passou a xingar o PM. Quando viu que ia ser encaminhado, começou a falar que era amigo de político e que nada ia acontecer a ele”, contou.

Por sua vez, o jovem envolvido na situação negou e afirmou que aceitava ser encaminhado por estar embriagado, mas negava ter ofendido o policial. “Eu sei que errei, mas só ofendi o policial no momento da briga de trânsito. Ele também me ofendeu. Depois eu fiquei na minha, aguardando ser encaminhado à delegacia”, concluiu.

De acordo com a polícia, além de ser acusado de ter atirado contra o próprio pai, esta não seria a primeira vez que o jovem se envolveu em ocorrências de infração de trânsito. Ele foi ouvido na Dedetran durante a noite de hoje.