Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique 

FAS

Três podem responder por agressão e danos ao patrimônio público. Foto: BH/Banda B

Uma briga generalizada na manhã desta terça-feira (26) no abrigo da Fundação de Ação Social (FAS), no Centro de Curitiba, mobilizou viaturas da Guarda Municipal (GM). Dois moradores de rua trocaram socos e pontapés durante o café da manhã. A confusão terminou com vidros quebrados e objetos arremessados. Três foram presos e encaminhados ao 1º Distrito Policial.

De acordo com o inspetor Carlos, dois moradores de rua iniciaram uma briga dentro do refeitório da FAS, que fica na rua Conselheiro Laurindo por volta das 8 horas. “Quando chegamos, fomos apaziguar a situação, mas os outros investiram contra a gente”, contou à Banda B. Cerca de 50 morador de rua partiram para cima dos guardas. A confusão foi generalizada, houve quebra-quebra em todo o refeitório e três vidros foram quebrados.

O Grupamento de Operações Especiais (GOE) da GM foi acionado. Ainda não há um balanço oficial sobre o prejuízo dessa sede da FAS, que atende cerca de 200 pessoas em situação vulnerável todos os dias, somente na parte da manhã.

Duas viaturas e três motocicletas da Guarda Municipal (GM) deram apoio à situação, que foi contida cerca de vinte minutos depois. Os três presos foram encaminhados ao 1º Distrito Policial e podem responder por agressão e danos ao patrimônio público.