Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

IMLLUXO

Crime aconteceu no 7° andar do prédio (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Uma suposta sessão de filme entre amigos terminou em tragédia em um edifício de luxo no bairro Bacacheri, em Curitiba, no fim da madrugada desta terça-feira (29). Um homem de 27 anos, identificado como Guilherme Toniollo, foi assassinado por Mateus Franco da Luz, de 18 anos, preso em flagrante. Tudo isso aconteceu após uma espécie de ‘desafio da morte’, segundo a Polícia Militar (PM).

De acordo com a PM, os dois amigos estavam assistindo a um filme de serial killer, sob o efeito de bebidas e produtos alucinógenos. “A versão do autor é que a vítima disse que ele não tinha coragem de matá-lo. Por conta disso, o jovem pegou a faca e deu dois golpes contra o amigo, que morreu na hora”, contou à Banda B o tenente Roberto.

Ainda segundo o tenente, os dois rapazes fizeram o uso de bebida alcoólica e também inspiraram bom ar por meio de um pano, para terem sensação de alucinação. “São essas informações apuradas até o momento. É uma história bastante confusa”, descreveu o policial. A família nega a versão dada pela PM com relação ao suposto filme de terror.

Toniollo recebeu dois golpes de faca, um na barriga e outro no pescoço. “Infelizmente nada pôde ser feito pelo rapaz, que perdeu muito sangue devido aos ferimentos”, afirmou o doutor Valente, médico do Samu.

O autor do crime foi encaminhado ao 5° Distrito Policial, onde ficará detido à disposição da Justiça. Na saída do apartamento, ele estava acompanho de outro homem, que não teve a identidade revelada. Ambos estavam encapuzados.