Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

caminhãodentro16092013

Caminhão foi encontrado e a carga recuperada (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

O bote errado de uma quadrilha de ladrões de cargas fez com que um caminhoneiro ficasse por dois dias como refém na região metropolitana de Curitiba (RMC). O crime começou na última sexta-feira (13) em um posto de combustíveis em Paranaguá, no Litoral, quando a vítima foi abordada pelos ladrões que estavam em um van branca.

“O motorista foi levado até um cativeiro na RMC e conseguiu fugir depois de dois dias. O caminhão e a carga de ureia foram encontrados no pátio da Ceasa, em Curitiba. Ao que parece, a quadrilha queria outra carga e quando percebeu que tinha levado o produto errado abandonou tudo, inclusive o refém”, contou à Banda B o delegado Marcelo Lemos de Oliveira, da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (Dedec).

A polícia ficou sabendo do caso depois que o motorista entrou em contato ao fugir do cativeiro. “Ele permaneceu este tempo lá porque os bandidos deixaram o caminhão por dois dias esfriando antes de verificarem a carga e perceberem o erro”, concluiu o delegado.

O caminhão foi encaminhado à Dedec para passar por perícia. Ninguém da quadrilha foi identificado até ao momento.