Da Redação

O maior assaltante de carros-fortes do Brasil, vulgo “Batman”, fugiu mais uma vez da Colônia Penal Agrícola (CPA), em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Rogério Mattos da Luz, de 36 anos, estava em regime semiaberto e escapou no último dia 18 de abril. Até agora a polícia não tem notícias sobre o paradeiro dele.

batman-300514-bandab

(Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Segundo a Secretaria da Justiça do Paraná (Seju), Rogério já tinha fugido do mesmo local exatamente dois anos antes, no dia 18 de abril de 2012. Ele havia sido preso no Rio de Janeiro em dezembro do mesmo ano, após ser descoberto como líder de uma quadrilha especializada em roubos de caixas eletrônicos, carros-fortes, postos de pedágio e casas na Grande Curitiba.

“Batman” possui passagens pela Delegacia de Furtos e Roubos da capital (DFR), Delegacia de Colombo, Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), Delegacia de Estelionato e Desvio de Carga (DEDC) e também pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Ele é suspeito de roubos no Paraná e em Santa Catarina e apontado como autor de furtos em Enéas Marques em 1998; roubo a uma agência dos Correios e a uma loja do Baú da Felicidade, em Curitiba, em 1999; e roubo em Pinhais, na região metropolitana, em 2002 e em 2007, quando foi preso e encaminhado para a CPA pela primeira vez.

A polícia continua as investigações para encontrar Rogério, para cumprir os cinco mandados de prisão que possuem contra ele. Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro dele pode ligar de forma anônima para o número 181.

Notícia relacionada

“Batman”, um dos maiores assaltantes da RMC, é preso no Rio de Janeiro