Por Marina Sequinel e Daniela Sevieri

(Fotos: Daniela Sevieri – Banda B)

Um empreiteiro de 41 anos foi morto a tiros na frente de casa na Cidade Industrial de Curitiba na noite desta quarta-feira (14). Segundo testemunhas, Luciano Alexandre Santana havia acabado de chegar na residência, localizada na Rua Afonso Zanon, quando dois rapazes bateram palmas e o chamaram no portão pelo apelido.

O morador, conhecido como “Careca”, saiu para atender a dupla. “Ele estava preparando a janta com a esposa e esses homens chegaram. A mulher também saiu para ver quem era e deixou os três conversando. Ela voltou para dentro da casa e, minutos depois, já escutou os tiros. Quando foi ver o que tinha acontecido, encontrou o marido morto”, contou o delegado Cássio Conceição, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em entrevista à Banda B.

De acordo com ele, Luciano levou três tiros no rosto e um no braço, ao tentar se proteger. “Os vizinhos nos disseram que os dois autores passaram o dia todo procurando pelo empreiteiro. Acreditamos que vamos localizá-los rápido”.

A princípio, as investigações apontam que o motivo do crime esteja relacionado a uma briga que Luciano teve com uma das pessoas que contratou. “Ele construía casas, sobrados e pegava trabalhadores para ajudar no serviço. Parece que houve uma discussão há um tempo com um dos contratados e a confusão teve esse desfecho”, completou o delegado.

A dupla fugiu em uma Parati prata com detalhes em azul e ainda não foi localizada. O corpo de Luciano deve ser recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba e a DHPP é responsável por investigar o caso. Qualquer informação sobre o crime pode ser repassada à polícia de forma anônima pelo telefone 0800-643-1121.