Passageiro de carro morreu e outro ficou ferido (Foto: Daniela Sevieri – Banda B)

Um homem morreu e outro ficou ferido após serem baleados por um atirador no bairro Boqueirão, em Curitiba, na noite desta terça-feira (15). Motorista e passageiro de um Ford Fiesta branco tinham acabado de sair de uma casa na Rua Adalberto Ferruci Pereira, quase na esquina com a rua Coronel Luiz José dos Santos, quando um homem desceu a rua a pé, foi em direção ao lado do passageiro e atirou várias vezes.

Uma testemunha, que preferiu não ser identificada, contou à Banda B que ouviu os tiros. “Nós estávamos na esquina conversando e ouvimos os tiros. Quando chegamos, tinha um rapaz ferido na rua e o outro morto. Provavelmente deve ser acerto de conta”, disse.

A tenente Jéssica Morais, do 20º Batalhão da Polícia Militar, comentou que a polícia foi acionada depois que vizinhos ouviram os disparos. “Assim que a equipe chegou, constatou um rapaz baleado na perna e no cotovelo e o outro já morto dentro do veículo. A vítima ferida não soube informar quem seria o autor”, descreveu.

A tenente Jéssica ainda explicou que em uma casa das proximidades uma mochila foi encontrada. “Não temos informações concretas, mas alguém passou aqui e jogou este objeto com maconha, cocaína e balança de precisão”, destacou.

Imagens de câmeras de segurança de casas nas proximidades mostram um carro escuro parado na esquina com a Rua Professora Ernestina Alves de Almeida e o momento que três pessoas saem de uma casa e entram no Fiesta. Na sequência, o atirador desce desse carro, se aproxima até o lado do passageiro e atira várias vezes.

O passageiro morreu na hora, o motorista ainda conseguiu sair do carro ferido e o terceiro homem também deixou o veículo ileso, carregando a mochila com drogas e jogando-a por cima do muro de um sacolão na esquina. Este homem retorna para casa e instantes depois deixa o local.

A vítima fatal foi identificada como Fabio Silverio da Silva, de 36 anos. O ferido é um homem de 30 anos. O caso seguirá investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa.