Redação

overdose

Mulher era usuária de drogas e família confirmou envolvimento. Foto: Programa 190/Banda B

Uma auxiliar de serviços gerais de 40 anos foi encontrada morta na tarde deste sábado (30) na casa de um conhecido na Cidade Industrial de Curitiba. Shirley Alves de Carvalho Matilde começou a passar mal enquanto usava drogas e não resistiu à espera por socorro. Ela pode ter tido uma overdose. A família confirmou que a auxiliar era usuária de drogas, mas suspeita dessa versão de uma super dosagem de entorpecentes para a morte dela. Não há informações sobre que tipo de droga ela estava usando.

De acordo com testemunhas, Shirley teria ido pagar uma conta de luz em um comércio próximo quando, na volta, resolveu passar na casa de um conhecido, na rua Rosilene de Souza. “Dentro dessa casa encontramos equipamentos alusivos à droga. O dono da casa contou que ela começou a passar mal e acionou o Samu. As informações preliminares são poucas, mas a família confirmou que ela usava drogas”, contou o delegado Dirceu Schactae, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Entretanto, também não está descartado um possível crime. “Temos que esperar o laudo do Instituto Médico Legal para, então, dar prosseguimento ao caso. Por enquanto, a hipótese mais forte é que ela tenha tido uma overdose”, finaliza o delegado. Não há sinais de violência no corpo de Shirley. Ela morava no Vitória Régia, no mesmo bairro.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML e vai passar por exames complementares para identificar a causa da morte. A DHPP investiga o caso.