Dois homens foram assassinados e um terceiro ficou ferido na noite desta terça-feira (5) na Rua Rio Xingu, no Jardim Amazonas, em Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba. Um grupo formado por seis pessoas atirou e matou os dois homens, que estavam a menos de cem metros distantes um do outro.

Primeiro, os assassinos chegaram armados em um bar e renderam quem estava no estabelecimento. Depois, invadiram a casa do proprietário procurando pelo filho dele. Na residência, atiraram contra os irmãos Jhonatan e Renan da Silva Freitas Gerninski, de 16 e 18 anos. Gravemente ferido, Renan foi socorrido por familiares até a Unidade de Saúde do Bairro Cachoeira, mas já chegou sem vida ao local.

Jhonatan levou um tiro de raspão e sobreviveu. Inconformada com a perda de Renan, Silvana Gerninski, mãe das vítimas, falou com a Banda B. “Os caras chegaram doidos. Nós estávamos assistindo televisão e aconteceu tudo isso. O confundiram com outro cara. Coitado do meu filho, morreu de graça. Ele estava tirando carteira para trabalhar,não acredito”, falou sem controlar as lágrimas.

Depois de atirar contra os jovens o grupo subiu a rua e chegou até a residência de Laudelino Ribeiro, de 43 anos. Quando percebeu a chegada do bando, ele tentou fugir, mas morreu com um tiro nas costas, como contou o sargento Breve, do 22° Batalhão da Polícia Militar. “Parece que ele estava saindo na rua quando os rapazes chegaram. Tentou fugir, mas levou um tiro nas costas. Não temos informação do que este bando queria, porque até os familiares das vítimas desconhecem a motivação”, relatou.

Os corpos das duas vítimas foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba. A Delegacia de Almirante Tamandaré investiga o caso.