Juliano Cunha/Banda B
Familiares do rapaz, abraçados em frente ao ercado, choravam sem saber os motivos do crime

O funcionário de um mercado no Jardim Bonfim, em Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba, foi assassinado quando se preparava para o fim de mais um dia de trabalho. Ednilson Antônio Soares dos Santos, 30 anos, foi morto a tiros por um homem de boné preto que não se importou com a presença de clientes e outros funcionários.

O crime aconteceu dentro do mercado, por volta das 19h30, que fica na Rua das Gaivotas. O crime foi praticado na frente de clientes que estavam entre os corredores e próximos do caixa. Teve correria e tumulto durante os disparos. De acordo com a Polícia Militar (PM) que atendeu à ocorrência, um homem com um boné preto entrou no mercado e, ao ver Ednilson, sacou uma pistola e atirou pelo menos quatro vezes, matando a vítima na hora.

Como o assassino não tinha qualquer proteção ou balaclava no rosto, o cabo Bosloper do 22° Batalhão de Polícia Militar, acredita que ele fez questão de aparecer. “O dono do mercado contou que viu apenas que o criminoso estava de boné. Pelo que a gente entendeu da dinâmica do crime, o atirador foi para matar e pronto, sem medo de ser reconhecido. Ele provavelmente fugiu de moto”, disse.

Familiares do rapaz, abraçados em frente ao ercado, choravam sem saber os motivos do crime. O cabo afirmou à Banda que a vítima já tinha passagens pela polícia. “Ele tem uma por porte ilegal de arma”, contou. O crime será investigado pela delegacia de Almirante Tamandaré.