Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

GOGOLA

Às 10h desta sexta-feira (6) a esposa e os dois filhos de Marcos Gogola, superintendente da Delegacia de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, prestaram uma última homenagem ao homem que tanto amaram. Ele foi sepultado no Cemitério do bairro Água Verde, em Curitiba, com a presença de inúmeros companheiros de Polícia Civil.

Em um dos momentos mais marcantes do sepultamento, policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) dispararam contra o túmulo de Gogola, enquanto gritavam: “Guerreiro de Arma”.

A Banda B disponibiliza um vídeo marcante do momento da homenagem dos policiais e também se solidariza com a família de Gogola, um policial que sempre foi amigável com a reportagem e por diversas vezes participou de nossos programas.

Ouça um áudio de uma das últimas entrevistas de Gogola feita ao jornalista Antônio Nascimento, durante o programa Casos de Polícia. Gogola não surgiu agora na vida da Banda B. Ele sempre fez parte como fonte para reportagens e também de admiração. (Ouça o áudio no ícone acima)