Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

campo-largo

Vítima foi morta dentro do carro. Foto: DB/Banda B

A Delegacia de Campo Largo investiga o crime de um homem de 39 anos que foi assassinado dentro do carro na noite desta segunda-feira (4). Os bandidos mandaram Cristiano de Melo descer do carro, o golpearam com um facão para depois efetuarem disparos de arma de fogo. Após Melo cair morto, os bandidos entraram no carro para procurar alguma coisa. Eles não foram encontrados pela polícia.

O crime aconteceu por volta das 19h30 na rua Domingos Cordeiro, no bairro Aparecida. O homem, conhecido como Catatau, tinha acabado de sair da casa da mãe quando foi surpreendido pelos assassinos. Melo estava dentro de um veículo Parati, com placas de Campo Largo, quando ordenaram para que saísse do carro. “Deu pra ver bem. Eles discutiram e depois um atirou e o outro saiu a pé. Esse que atirou voltou até o carro e ficou lá dentro uns 10 minutos procurando alguma coisa. Depois ele também fugiu a pé”, descreveu uma testemunha, que não será identificada.

Moradores acionaram o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), mas o homem já estava morto. O sargento Eustáquio, do 17º Batalhão da Polícia Militar (BPM), disse que a família não sabe o que pode ter motivado o crime. “Eles estiveram aqui, mas pouco auxiliaram nas investigações”, finalizou. Melo não tinha passagens pela polícia e a mulher dele está grávida.