Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha

O jovem Erick Lee Martins, de 18 anos, foi esfaqueado até a morte na tarde desta quarta-feira (6), na Rua Bernardo Michel, na Vila Rosa, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Detalhe é que após o crime o assassino pegou o celular do bolso da vítima, fez uma ligação e disse para quem estava do outro lado: “Tá feito, tá feito”.

Segundo a Polícia Militar (PM), Erick tinha sido preso ontem à noite por furto e estava nas ruas, após o pagamento de fiança. Na tarde de hoje, ele foi até um bar, onde encontrou com o assassino e começou a conversar. De uma hora para outra, o autor tirou uma faca do bolso e atacou Erick, que chegou a fugir, mas caiu morto em uma rua próxima.

A PM acredita que o crime pode ter sido um acerto de contas entre assaltantes. Autor e vítima pareciam se conhecer bem, tanto que o assassino pegou o celular de Erick e fez uma ligação em que, de acordo com testemunhas, apenas disse que o serviço estava completo.