Por Marina Sequinel

santa-quiteria

Local onde assaltante morreu (Foto: Banda B)

Um assalto a uma residência no bairro Santa Quitéria, em Curitiba, terminou com um suspeito morto e outro preso na tarde desta segunda-feira (26). O caso foi registrado na esquina das ruas Major França Gomes e Dona Eleusina Plaisant.

Uma professora chegava em casa de carro com o filho, que havia buscado na escola, quando foi abordada por dois homens armados. Os bandidos renderam os dois e os levaram para a garagem. “Eles foram muito violentos. Meu menino estuda no colégio da polícia e eles já queriam matá-lo por isso. A dupla ficou na residência por meia hora e permaneceria por muito mais se não fosse a ação da polícia”, disse o marido da vítima, um fisioterapeuta de 47 anos, em entrevista à Banda B.

Ele também estava dentro da residência no momento do assalto. Um vizinho percebeu a ação dos bandidos e chamou os policiais, que impediram o roubo. “Eu enrolei os dois e tentei acalmá-los para não matarem o meu filho. Eles haviam tirado todas as televisões da casa, o videogame, tablet, computador, e se preparavam para levar tudo quando foram abordados pela polícia, que chegou muito rápido”, contou a professora.

Um foi preso dentro da casa e o outro, que ameaçava a professora com uma arma, tentou fugir, pulando pelos muros e telhados das residências vizinhas. Ele atirou, então, contra os policiais, que revidaram e o atingiram. O assaltante morreu na hora.

De acordo com o capitão Kredens, da Polícia Militar (PM), as primeiras informações indicam que o suspeito morto era conhecido como “Paulista” e morava em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba.

O corpo dele foi recolhido ao Instituto Médico Legal e o preso deve ser encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul).