Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

BAIRRO ALTO dentro

Policial aposentada levou um tiro na cabeça (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

A policial civil aposentada Elizabete Moreira de Lima, de 54 anos, foi executada com um tiro na cabeça dentro do sobrado em que morava na Rua Coronel Domingos Soares, no Bairro Alto, em Curitiba, durante a manhã desta quinta-feira (10). Dois ladrões armados praticaram um assalto e não se sabe por qual motivo a executaram. Um vigilante também rendido na ação criminosa foi poupado pelos bandidos.

Segundo o delegado Fábio Amaro, da Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH), o crime aconteceu no momento em que Elizabete iria pagar o salário para o vigilante, que cuida das casas do bairro. “Dois bandidos em motocicleta teriam abordado os dois e os rendido na frente da casa. Enquanto o vigilante ficou na parte de baixo do sobrado, a policial foi levada para cima, onde levou um tiro na cabeça, ainda não se sabe por que”, descreveu à Banda B.

Para o delegado, não há duvidas de que o crime é um latrocínio (roubo seguido de morte). “A parte de cima da casa e está revirada e o notebook dela foi levado. Ainda também não foi encontrado o revólver calibre 38 da vítima. Os criminosos fugiram sentido o Terminal do Bairro Alto, mas não foram localizados ainda. Seriam dois ladrões jovens e agora vamos fazer de tudo para prendê-los”, concluiu Amaro.

Por se tratar de um crime de roubo, a investigação do caso fica a cargo da Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba (DFR).