Um homem de 24 anos, possivelmente sob o efeito de drogas, tomou uma atitude inusitada na madrugada deste domingo (13). Anderson Silva, que não é o lutador de UFC, resolveu dar uma de Homem Aranha e escalou o telhado do Colégio Estadual, ficando por lá, a mais de 50 metros de altura, e só saindo depois de ser convencido pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo o supervisor Aparecido, da Guarda Municipal (GM), Anderson Silva tomou esta atitude dizendo que estava sendo perseguido por atiradores. “Primeiro ele entrou quebrando tudo na Casa do Estudante e foi expulso pelo vigilante do local que ligou para a GM. Enquanto chegávamos, este rapaz invadiu o colégio, quebrou janelas e portas e foi até o telhado, onde ficou por mais de duas horas”, disse o guarda à Banda B.

O rapaz retirado pelos bombeiros e foi encaminhado a uma Unidade de Saúde 24 horas em Curitiba, com ferimentos pelo corpo por conta dos vidros quebrados na escola. Ele será medicado e ao ser liberado deverá ser indiciado por vandalismo.