Motoristas do aplicativo Uber saíram em carreata pelas ruas do Centro de Curitiba, até o Cemitério do Umbará, na noite desta segunda-feira (14), onde foi velado e enterrado Valmir Nichele, de 59 anos. Nichele, que era um motorista cinco estrelas da Uber, foi encontrado morto na noite de domingo (13) no Rio Iguaçu e teve o carro incendiado. A polícia suspeita de um latrocínio (roubo seguido de morte).

Um dos motoristas, que não será identificado, lamentou à Banda B a morte do companheiro e a falta de segurança para a classe. “Fizemos esta carreata pacífica como uma homenagem a este sexto parceiro que morreu devido à criminalidade no Paraná. Infelizmente, não temos segurança para rodar de noite e não trabalhamos em paz”, lamentou.

O caso

Valmir saiu para trabalhar no sábado e não voltou mais para casa. O carro dele foi encontrado completamente queimado, no fim da manhã de domingo, na Rua Expedicionário Francisco Pereira dos Santos, no bairro Alto Boqueirão.

Notícias Relacionadas: