Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

Uma agência do Banco do Brasil ficou completamente destruída na madrugada deste sábado (14) em Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba. A ação, desta vez, foi da Gangue da Dinamite que minou a agência com explosivos de alta carga. Um vigilante que estava no local foi rendido. Eles fugiram em um Vectra e a polícia ainda não tem o paradeiro do grupo.

A gangue invadiu a agência, que fica na Estrada do Cerne, a menos de um quilômetro da prefeitura do município, por volta das 4 horas. Eles renderam o vigilante e o mantiveram refém sob um fuzil apontado para a cabeça do trabalhador. De acordo com ele, muitas malas com dinamites foram retiradas de um veículo que levou os criminosos até a agência.

Houve duas explosões que destruíram totalmente todos os caixas eletrônicos da agência e a parte interna do banco. Com o impacto, buracos na parede foram feitos. Moradores acordaram assustados e acionaram a Polícia Militar (PM). O vigia não foi ferido durante a ação. O grupo fugiu sentido interior do estado. As investigações ficam por conta da Polícia Federal (PF). Imagens de segurança podem auxiliar na identificação dos criminosos.