Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

atropelamento2

Adolescente foi ferido por dois tiros. Foto: DB/Banda B

Para que o amigo não morresse, três adolescentes se entregaram para a Polícia Militar depois de um confronto armado na noite desta quinta-feira (24), em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Um garoto de 16 anos foi baleado na troca de tiros e depois de muita perseguição, os amigos resolveram parar a fuga para pedir socorro à polícia. O adolescente foi encaminhado em estado grave ao

Por volta das 21 horas, uma blitz acontecia na região do bairro São Marcos. Ao avistarem as viaturas, quatro jovens que estavam dentro de um veículo Gol, com placas BNA 3724, de São José dos Pinhais, atiraram contra os policiais e fugiram para a BR-376, sentido Santa Catarina. Houve troca de tiros e os policiais pediram apoio a outras viaturas.

Os adolescentes chegaram até Tijucas do Sul, fizeram o retorno e próximo ao contorno Leste, na pista sentido Curitiba, pararam o carro no acostamento. “Os adolescentes têm em média 16 anos. Eles se renderam porque um deles estava baleado e precisavam de socorro. A arma não foi encontrada, provavelmente jogaram às margens da rodovia”, contou a tenente Tonele da PM.

O garoto foi atingido por dois tiros: braço e barriga. Ele foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba, e o estado de saúde é grave. Os outros três adolescentes não ficaram feridos e foram levados à Delegacia do Adolescente.