Uma adolescente de 16 anos foi encaminhada à delegacia de Guaratuba depois de pedir um alto valor em dinheiro para devolver um iPhone avaliado em R$ 5 mil para a dona, que teve o aparelho furtado durante uma festa de fim de ano, no litoral do Paraná. Segundo a polícia, a vítima registrou um Boletim de Ocorrência na noite do dia 31 de dezembro do ano passado, após esquecer o aparelho no banheiro de uma casa noturna.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Assim que o caso chegou até as autoridades, os investigadores iniciaram os trabalhos para localizar o celular. A equipe descobriu que o iPhone estava sendo usado por alguém e fez vários contatos para tentar recuperá-lo, mas sem sucesso. Algumas semanas depois, uma pessoa respondeu as mensagens, pedindo um valor em dinheiro para devolver o celular.

“A vítima respondeu a mensagem falando que o valor pedido era muito alto, mas que pagaria R$ 600 pela devolução. A suspeita que estava em posse do aparelho não aceitou e parou de fazer contatos”, explicou o delegado responsável pelo caso, Renan Barbosa. Toda a ação estava sendo monitorada pelos policiais de sua equipe.

Após três semanas, a pessoa resolveu entrar em contato e falar que aceitava o dinheiro proposto pela vítima. Os policiais, então, marcaram o encontro na última sexta-feira (26).

No local combinado, a adolescente apareceu para devolver o iPhone. Os policiais encaminharam à menor até a delegacia, onde ela assinou um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC), e responderá pelo ato infracional análogo ao crime de apropriação de coisa achada. A irmã dela, de 18 anos, assinou Termo Circunstancia (TC) pelo mesmo delito, cujo procedimento tramitará no Juizado Especial Criminal.