O adolescente Fabiano Douglas Seriano dos Santos, de 15 anos, foi assassinado, e a filha dele, de um ano, ficou gravemente ferida no bairro Prado Velho, em Curitiba, no paredão da recém construída Trincheira da Chile, na região conhecida como Vila das Torres. Eles foram baleados no início da noite desta segunda-feira (25) e encaminhados ao Hospital Cajuru, no qual Fabiano não resistiu e morreu. Outro jovem, identificado como Vanderlei, de 18 anos, levou cinco tiros e também está internado.

A Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH) investiga o caso. Segundo o delegado Rubens Recalcatti, da DH, atiradores em um Fox Prata dispararam vários tiros contra um grupo de amigos que usava drogas no paredão da Trincheira da Chile, por volta das 19h30.

“Eles estavam usando drogas e este Fabiano tinha uma criança de um ano no colo, que era filha dele. Três tiros acertaram as costas e um a cabeça do adolescente. A criança levou um tiro na perna e está internada no Hospital Infantil de Campo Largo. O outro jovem está internado no Cajuru, sem risco de morte”, descreveu Recalcatti à Banda B.

O delegado lamentou o fato de um pai com 15 anos de idade morrer em frente da filha de um ano. “Um verdadeiro mundo cão. Infelizmente a Trincheira da Chile virou um local para consumo de drogas e ontem aconteceu esta situação. Um menino que foi pai aos 14 anos e levou a filha junto para um local em que ia consumir drogas com amigos. Uma situação repleta de barbaridades”, lamentou.

Segundo Recalcatti, a linha de investigação da polícia é um crime motivado pelo tráfico de drogas.