Levantamentos da Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH) divulgados à Banda B nesta quarta-feira (27) apontam que o adolescente que foi baleado na noite de ontem (26) no bairro Bacacheri, em Curitiba, é o principal suspeito de ter assassinado os outros dois jovens baleados no mesmo local. Num primeiro momento, a polícia concluiu que os três jovens eram amigos e que uma outra pessoa teria passado atirando na quadra de futebol. Agora, a suspeita é de que o sobrevivente pode ter sido o autor dos tiros. Nesse caso, teria havido um tiroteio no local.

As vítimas fatais foram identificadas como Gabriel Maicon Santos, de 21 anos, e Lenardo Felipe, de 25, e, apesar da pouca idade, são velhos conhecidos da polícia.

“Os dois tem passagens por roubo e inclusive estavam com uma motocicleta roubada no momento do crime. Acreditamos no envolvimento do rapaz baleado no crime por conta de levantamentos que fizemos no local. A motivação ainda não pode ser revelada, até porque este suspeito segue internado no Hospital Evangélico, sem risco de morte, e por este motivo não foi ouvido de maneira oficial”, contou o delegado Rubens Recalcatti, da DH.

Vale ressaltar, que no momento do crime, o adolescente era apontado como amigo das vítimas e em nenhum momento havia a suspeita de que ele na verdade queria os matar.

O caso

Dois jovens morreram baleados e um adolescente ficou ferido no início da noite da última segunda-feira (26) no bairro Bacacheri em Curitiba. O caso aconteceu em uma quadra de futebol no Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira, que fica atrás do Parque Bacacheri. No local existe também uma pista de skate. No momento do crime, vários jovens estavam praticando esportes.