Por Luiz Henrique de Oliveira

Um administrador de empresas de 35 anos viveu os piores 15 minutos de sua vida na noite desta quarta-feira (22), no Parque Barigui, no bairro Mossunguê, em Curitiba. Ele foi sequestrado após participar de uma caminhada com um grupo de corredores que frequenta o parque diariamente.

A vítima relatou à Banda B que os bandidos o abordaram no momento em que se dirigia ao seu veículo, um Ford Focus Branco. “Treinei normalmente e fui até meu carro ir embora, em frente ao Restaurante Maggiore, bem no meio do parque. Neste momento, fui rendido por dois marginais. Um dirigiu meu carro e outro ficou apontando uma arma contra minha cabeça no banco do passageiro”, descreveu.

Além disso, segundo o administrador, outro carro dava cobertura para os marginais. “Possivelmente, eles ficaram dentro desse veículo, para não levantar suspeita, e saíram na hora para me render. Foram 15 minutos de terror, os piores da minha vida. Fui liberado na BR-277, na região dos motéis”, explicou.

Ainda de acordo com o administrador, os bandidos não chegaram a fazer saques em caixas eletrônicos. “Queriam apenas o meu carro. Levaram também minha carteira e o celular. Me deixaram em frente aos móteis e falaram para eu sair correndo. Eu voltei pela rodovia até o parque e minha namorada veio me buscar”, contou.

Após isso, a vítima realizou o Boletim de Ocorrência na Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba. “Eu mandei e-mail à Banda B, porque o que está acontecendo ali no parque é preocupante. Não fui o primeiro e não serei o último, enquanto não tiver viatura da Polícia Militar e da Guarda Municipal (GM) fazendo rondas, a situação é crítica. Existe um módulo da GM ali do lado, mas isso não amedronta os marginais”, reclamou.

Outro caso

No começo do mês, outro caso de sequestro aconteceu no Parque Barigui. Um homem foi levado por marginais e liberado apenas uma hora depois. Os suspeitos de cometerem o crime chegaram a ser presos em seguida, mas parece que não era a única quadrilha que agia no ponto turístico de Curitiba.

Prefeitura de Curitiba

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Curitiba disse à Banda B que a conta com oito guardas municipais patrulhando periodicamente o Parque Barigui. Segundo a assessoria, sempre que esse tipo de crime acontecer é importante entrar em contato imediatamente com a GM pelo 153 ou com a Polícia Militar via 190, para assim ser possível tentativa de prisão em flagrante dos suspeitos.

Notícias Relacionadas:

Homem sequestrado durante caminhada no Parque Barigui é libertado e liga para família

Presa quadrilha que sequestrava vítimas em SC e as trazia para Curitiba para gastar em shoppings