Policiais civis da 10.ª Subdivisão Policial de Londrina, em conjunto com policiais militares, capturaram, na manhã desta quinta-feira (21) quatro pessoas, acusadas de incendiarem um ônibus, no último domingo (17), no bairro Campos Verdes, em Londrina. Guilherme Ribeiro da Silva, 19 anos, e Rodrigo Miguel dos Santos, 20 anos, foram presos no mesmo bairro onde provocaram o sinistro. Dois menores, que também participaram do crime, foram apreendidos.

Segundo o delegado titular da 10.ª SDP de Londrina, Márcio Amaro, através de informações passadas para a polícia pela população, os investigadores chegaram até Silva, na manhã desta quinta. O homem confessou participação no crime e disse aos policias que outras três pessoas estavam junto com ele. “Após isso, fomos atrás dos outros três acusados e conseguimos prendê-los no mesmo bairro”, disse.

Amaro afirmou que os marginais alegaram ter recebido a oferta de R$ 50, de homens encapuzados, para colocar fogo no ônibus. Todavia, Amaro descarta esta possibilidade, afirmando que é apenas uma invenção dos marginais para tentar minimizar a situação. “A polícia de Londrina está trabalhando de forma integrada para resolução dos crimes. A solução deste caso é mais um exemplo positivo”, afirmou Amaro.