Da Sesa

SAUDE

Foto: Divulgação

A Secretaria da Saúde divulgou nesta segunda-feira (8) um novo boletim com a situação da gripe no Estado. O relatório compara a situação atual com a do mesmo período do ano passado e mostra que o Paraná registra uma queda de 16% no número de casos pela doença. Desde janeiro até esta segunda-feira (8) foram confirmados 642 casos, contra 770 no mesmo período de 2012. Neste ano, 24 pessoas morreram pela gripe, sendo cinco nas últimas semanas.

Além das reduções, também houve uma mudança no comportamento do vírus da gripe (Influenza) no Estado. Enquanto em 2012, o período mais crítico da doença foi a partir da primeira quinzena de junho, neste ano os casos começaram a aumentar mais cedo, na segunda quinzena de abril.

Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz, os dados justificam ainda mais o posicionamento do Paraná que defende a antecipação da campanha de vacinação contra a gripe. Neste ano, o Ministério da Saúde atendeu ao pedido paranaense e iniciou a campanha três semanas mais cedo.

“Para o ano que vem, além de uma antecipação ainda maior, também reforçamos o pedido para que as pessoas dos grupos de risco busquem a vacina ainda durante o período da campanha. Hoje, dois meses após o final da campanha, ainda há municípios com saldo de vacinas”, destacou.

A Secretaria da Saúde está orientando os municípios que ainda tiverem vacinas remanescentes para que continuem imunizando os grupos de risco. Além disso, as equipes de saúde devem realizar a busca ativa das pessoas com direito a vacina, se possível indo de casa a casa. “O principal foco são as crianças (menores de 2 anos), os idosos e os portadores de doenças crônicas”, disse o superintendente.

NÚMEROS – Outro dado relevante diz respeito à predominância da circulação do vírus Influenza A H1N1 em todo o Paraná. O vírus, responsável por 310 casos neste ano, representou a maior parte dos casos durante a pandemia de 2009.

Em contrapartida, foi constatado um crescimento no número de casos por Influenza B, principalmente na região norte do Estado. Já o vírus Influenza A H3N2 apresenta retração em 2013.

MORTES – O boletim divulgado nesta semana apresenta cinco novas mortes por gripe no Estado. Elas foram registradas nos municípios de Curitiba (2), Telêmaco Borba, Alto Paraná e Bom Sucesso. De acordo com a análise dos prontuários dos pacientes, dois tinham doenças crônicas (comorbidades), o que podem ter contribuído para os óbitos. Das 24 mortes registradas neste ano, 16 dos pacientes tinham doenças crônicas.

Veja os principais sintomas da gripe:

– Febre repentina

– Tosse

– Dor de garganta

– Dor de cabeça

– Dores musculares

– Dores nas articulações

– Dores nas costas

– Falta de ar

– Cansaço

– Calafrio

 

Conheça as principais medidas de prevenção da gripe:

– Lavar bem as mãos frequentemente com água e sabão

– Evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies

– Não compartilhar objetos de uso pessoal

– Cobrir a boca e o nariz com o antebraço ou lenço descartável ao tossir ou espirrar

– Manter os ambientes arejados, com portas e janelas abertas