Da Redação

Por causa de “fortes indícios de irregularidades quanto à escala de plantões”, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) decidiu substituir toda a diretoria do Hospital Regional do Litoral (HRL), em Paranaguá. A nova direção está atuando desde a última segunda-feira (12) e uma sindicância irá investigar as irregularidades encontradas.

Foto: AEN

Foto: AEN

De acordo com o médico Alan Diório, que assumiu como interino, a operacionalidade do hospital será mantida, garantindo o atendimento à população. “Temos que aprimorar os processos gerenciais administrativos e assistenciais da unidade. Até inclusive em uma condição que continue uma governança que permita a possibilidade de manter os processos”, disse.

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, nomeou a nova diretoria. Ela é composta por servidores estaduais de Curitiba. Uma Comissão de Sindicância que irá aprofundar a análise das irregularidades encontradas, levantar indícios e monitorar todos os contratos do HRL.  A comissão terá 30 dias para finalizar todos os levantamentos necessários referentes aos contratos e serviços prestados suspeitos, inclusive quanto a eventuais pagamentos já realizados.

A decisão da Secretaria de Estado da Saúde foi tomada a partir de relatório de inconsistências na execução de serviços médicos constatados pela FUNEAS, fundação da Sesa responsável pela gestão do hospital desde setembro deste ano.