BBC Brasil

Cientistas escoceses desenvolveram um maço de cigarro que “fala” e passa informações sobre os riscos do fumo à saúde. Assim que a embalagem é aberta, o maço solta mensagens em áudio alertando para o risco de infertilidade para quem fuma e também divulgando um número de telefone para quem quiser ajuda para deixar o vício.

Os pesquisadores, da Universidade de Stirling, dizem que os maços falantes mostraram eficiência durante testes com grupos de mulheres entre 16 e 64 anos de idade. Um estudo ainda maior está para ser conduzido, com testes em maior escala envolvendo homens e mulheres a partir dos 16 anos.

Para Sheila Duffy, da fundação antifumo Ash Scotland, a ideia dos pesquisadores de Stirling seria benéfica para os fumantes. “Eu avalio como bem-vinda a sugestão para que utilizemos formas criativas para levar mensagens que ajudem as pessoas a se libertar do vício”, destaca Duffy.

No entanto, “nós precisamos de pesquisas mais acuradas para avaliar o potencial impacto de qualquer novo tipo de embalagem em pessoas de todas as idades”.

Já Alison Cox, da fundação Cancer Research UK, disse que sua entidade financiou a pesquisa da Universidade de Stirling numa tentativa de “ver se ferramentas de marketing (típicas) da indústria do tabaco podem ser utilizadas para ajudar fumantes a deixarem o vício (em vez de serem usadas para vender cigarros)”.