Da Redação

Só neste ano, cerca de 130 mil novos casos de câncer bucal devem ser diagnosticados e aproximadamente 4 mil pessoas vão perder a vida devido à doença, segundo o Instituto Nacional do Câncer. Para mudar esse número, é importante ficar atento aos sinais da patologia, já que ela tem elevados índices de cura quando descobertas precocemente – de 80% a 90%.

cancer-de-boca2

É recomendável ir ao dentista pelo menos uma vez por ano. (Foto: Divulgação)

De acordo com o dentista da Biodente Odontologia, Antonio Trevisani, os sintomas são facilmente percebidos por um profissional. “Se o paciente apresentar feridas na boca ou nos lábios, ulcerações com dificuldade de cicatrização, que podem sangrar ou não, ou ainda se possuir manchas esbranquiçadas, nós imediatamente encaminhamos para exames mais detalhados, pois esses são os primeiros sinais da doença. Caso os sinais sejam dificuldade ao engolir, mastigar e falar, inchaço que dificulte o ajuste da prótese e caroço na garganta, a preocupação aumenta, porque esses sintomas já indicam que a doença está em um estágio mais avançado”, explica o profissional.

Tratamento

Geralmente implica em cirurgia para a retirada do tumor, em estágios iniciais, quimioterapia e radioterapia. No entanto, é indispensável um acompanhamento oncológico para a prescrição correta de como tratar a doença.

Fatores de risco

O câncer de boca acomete, em sua maioria, pessoas que tem mais de 40 anos, com maior incidência nos homens. 80% a 90% dos casos estão ligados ao tabagismo, podendo aumentar o risco se a pessoa combina álcool com o cigarro. A má higiene bucal também pode causar a doença, assim como a utilização de próteses mal ajustadas, o que também pode ser um sintoma.

Prevenção

Ir ao dentista periodicamente, pelo menos uma vez ao ano, se alimentar de maneira saudável, evitar bebidas alcoólicas e, principalmente, o cigarro. “É importante visitar o dentista regularmente e conversar com o profissional sobre o câncer bucal. A informação é uma aliada aos cuidados e ao combate”, alerta Trevisani.