Do Minuto Pet (Para retornar a página inicial do Blog clique aqui)

Por Felipe Ribeiro e Flávia Barros

Em dia diferente de ‘trabalho’, três cachorros do Corpo de Bombeiros foram designados nesta quinta-feira (20) para animar a ala pediátrica do Hospital Evangélico, em Curitiba. O procedimento é conhecido como ‘Cinoterapia’, que é uma abordagem terapêutica que tem como diferencial o uso de cães como co-terapeutas no tratamento físico, psíquico e emocional.

De acordo com o tenente Pimenta, do Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), a atividade promove uma ajuda mútua entre o Corpo de Bombeiros e os pacientes. “Eles são animais operantes, que trabalham em atividades de busca e salvamento. Desde filhotes fazemos com eles um trabalho de socialização, para que a gente possa ter ao nosso lado animais sociais também com a população”, explicou.

Avó de um menino de 12 anos que foi atropelado há duas semanas, Inês Bigol comentou que o dia foi muito agradável para todos no local. “Foi ótima a visita, eu adorei e meu neto ficou muito feliz. Dá vontade de ter um em casa, mas moro numa pequena”, disse.

Segundo especialistas, a Cinoterapia aumenta o estímulo social, melhora o estímulo moral e promove o bem-estar físico. As atividades lúdicas estimulam o equilíbrio, a fala, a expressão de sentimentos, a imaginação e o autoconhecimento, utilizando o cão como um mediador de todo o processo.

A médica residente Samara Damin disse que as respostas são muito positivas. “As vezes as crianças estão internadas há bastante tempo e isso anima muito. A criança que responde bem, vai ter o tratamento privilegiado com a alegria. As doenças dos cachorros não são passadas para as pessoas, então não há nem perigo”, concluiu.

Confira galeria de fotos da visita abaixo: