Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Ainda sem 13° salário, parte dos funcionários do Hospital Evangélico, em Curitiba, pararam as atividades na manhã desta quarta-feira (11). Segundo o Sindicato dos Empregados em Serviços de Saúde da região (Sindesc), a paralisação afeta os serviços de copa, cozinha, recepção e enfermagem. Por sua vez, a assessoria de imprensa do Evangélico garante que nenhum serviço está prejudicado.

greve dentro e foraManifestação em frente ao Evangélico nesta quarta-feira (11) (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

O diretor financeiro do Sindesc, Natanael Maricini, deu detalhes à Banda B sobre a manifestação de hoje. “Mais uma vez estamos aqui na frente do hospital, por atraso do 13° salário, porque o pessoal ainda não recebeu o que é de direito. A direção fez proposta de parcelar em cinco vezes e ontem, em assembleia, os trabalhadores resolveram cruzar os braços”, explicou.

Marcini afirmou o número de funcionários que aderiu a greve ainda é pequeno, mas deve aumentar. “Sem uma solução vai subir nos próximos dias”, garantiu.

A assessoria de imprensa do Evangélico não pretende enviar nota sobre a paralisação, por ainda não afetar nenhum serviço do hospital.