Blog do Jhonny
Por causa do cargo, vereadora pode ser transferida

A vereadora que simulou o próprio sequestro em Ponta Grossa, interior do Paraná, foi transferida da sala da 13ª Subdivisão da Policia Civil e encaminhada para a unidade de Corpo de Bombeiros. Ana Maria Branco de Holleben (PT) foi transferida na noite desta sexta-feira (4), por volta das 18 horas. A prisão preventiva da vereadora foi pedida também na noite de ontem. As informações são da Rádio Difusora de Ponta Grossa.

Como a vereador ocupa um cargo eletivo, ela pode ser transferida para outro ambiente que não fosse policial, de acordo com o delegado Danilo Cesto, chefe da 13ª SDP e responsável pelo caso.De acordo com informações apuradas pelos repórteres William Batista e Edson Gomes da Rádio Difusora, o local onde a vereadora esta não há comodidade. O alojamento, segundo eles, disponibiliza o tamanho de 4 x 5 metros quadrados. Ainda, o local onde a vereadora está possui um banheiro, mas não tem aparelho televisor.

A prisão presentiva de Ana Maria foi expedida e não há informações sobre quando um possível habeas corpus possa tirá-la do alojamento.