do Bem Paraná

O secretário do Planejamento, Cassio Taniguchi, vai à Assembleia na semana que vem. O secretário irá até a liderança do governo onde, na companhia do líder do governo, deputado Ademar Traiano (PSDB), prestará os esclarecimentos que os deputados acharem conveniente sobre o programa “Tudo Aqui”, que vai centralizar quase duzentos serviços públicos federais, estaduais e municipais em estruturas físicas unificadas.

Na última terça-feira, a base aliada derrubou, por 25 votos a 17, um requerimento da bancada de oposição para que o secretário fosse a Assembleia falar sobre o projeto. Na ocasião, o líder governista alegou que a oposição pretendia converter um assunto técnico em “cavalo de batalha político”. Durante a votação, vários parlamentares da base de situação se manifestaram favoravelmente à ida de Taniguchi à Casa. Traiano diz que não há nada a esconder, por isso o secretário irá espontaneamente a Assembleia e se colocará a disposição, no gabinete da liderança do governo, para prestar informações aos parlamentares.

O líder da bancada de opo sição, deputado Tadeu Veneri (PT), anunciou ontem que vai pedir ao governo do Estado que explique como aprovou em vinte e quatro horas a autorização para a empresa Shopping do Cidadão Serviços e Informática Ltda efetuar os projetos e estudos necessários para a implantação dos Centros de Atendimento ao Cidadão no Paraná. Veneri citou que houve o intervalo de apenas um dia entre o decreto abrindo prazo para a inscrição dos interessados em fazer os estudos e o segundo decreto dando permissão à Shopping do Cidadão Serviços e Informática Ltda. para fazer o estudo.

Para ler a reportagem completa do Bem Paraná, clique aqui