Redação com agências

paraibaFormado em farmácia, Coutinho atuou no movimento estudantil. Divulgação

O candidato Ricardo Coutinho (PSB) está matematicamente eleito governador da Paraíba, com 52,63% dos votos válidos. O adversário, Cássio Cunha Lima (PSDB) tem  47,37%. Até agora foram apurados 97,18% das urnas. Os votos brancos somam 1,86% e os nulos, 6,08%. A abstenção está em 17,96%.

O governador Ricardo Coutinho, 53 anos, começou a carreira política como vereador de João Pessoa (PB), em 1993. Foi deputado estadual entre 1999 e 2004. Foi prefeito da capital paraibana por dois mandatos, entre 2004 e 2010, quando renunciou para disputar o governo do estado. É presidente estadual do PSB.

Formado em farmácia, Coutinho atuou no movimento estudantil. A indicada a vice-governadora é  Júlia Feliciano. Compõem a coligação PT, PDT, DEM, PRTB, PRP, PV, PSL, PCdoB, PHS e PPL.

No primeiro turno, Cássio Cunha Lima obteve 47,4% e Ricardo Coutinho, 46% dos votos válidos.

Rio Grande do Norte

O candidato do PSD, Robinson Faria, venceu matematicamente a disputa para o governo do Rio Grande do Norte, com 54,38% dos votos válidos. Henrique Alves, do PMDB, ficou com 45,62% dos votos válidos. Até agora, foram apurados 94,34% das urnas. Os votos brancos somam 3,05% e os nulos, 12,66%. A abstenção está em 17,72%.

Robinson Faria, 55 anos, nasceu em Natal. É advogado, empresário e pai do deputado federal Fábio Faria, vice-presidente da Câmara. Entrou na política em 1986, quando foi eleito o deputado estadual mais jovem do Rio Grande do Norte. Depois, conquistou mais cinco mandatos consecutivos. Nos dois últimos mandatos, exerceu a presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Atual vice-governador do estado, Robinson Faria compôs, nas eleições de 2010, a chapa liderada por Rosalba Ciarlini (DEM). Em 2011, com oito meses de governo, decidiu romper com o grupo político da governadora. No primeiro turno, Henrique Alves ficou com 47,3% e Robinson Faria com 42% do votos válidos