Do blog do Esmael

O vereador Pelé não foi para o banco, nem vai receber cartão vermelho. Pelo menos nos próximos dias.

Informações quentes vindas do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ) garantem que Pelé, prefeito interino de Colombo, conseguiu liminar nesta sexta-feira (8) contra a cassação de seu diploma.

Além de Pelé, a decisão do TJ anula efeitos de liminar que defenestrava outros sete vereadores.

Uma ação popular mantinha os 13 vereadores da legislatura anterior na Câmara. No entanto, foram eleitos 21 parlamentares no pleito de 2012.

Com a decisão de hoje, o vereador José Renato “Pelé” Strapasson (PTB), o Pelé, vai continuar esquentando a cadeira de prefeito até o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidir a situação da tucana Beti Pavin. A tendência é que depois do Carnaval ela assuma definitivamente a prefeitura e Pelé retorne à presidência da Câmara.

Resumo da ópera: A tropa política do PSDB conseguiu manter 21 vereadores em Colombo e, de quebra, vai conseguir empossar (depois do Carnaval) Beti Pavin.