Da Redação

requiaoFoto: Agência Senado

O senador paranaense Roberto Requião (PMDB) pediu nesta segunda-feira (17) o afastamento da Operação Lava Jato para os quatro delegados da Polícia Federal que apoiaram a eleição de Aécio Neves à Presidência da República. Em entrevista ao portal Viomundo, o senador acusou os delegados de vazamento de depoimentos e quebra do sigilo da investigação na tentativa de alterar o resultado eleitoral.

“O comportamento desses delegados não anula a existência nem diminui um fato grave, que é o escândalo da Petrobras, mas compromete a investigação. Esses delegados acreditam que são os salvadores da pátria, quando, na verdade, estão comprometendo a investigação”, afirmou.

A denúncia de que quatro delegados que compõem a operação tentaram usar o Facebook para atacar a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi publicada pelo jornal O Estado de São Paulo na última quinta-feira. “Tem que se afastar esses delegados, eles estão impedidos de continuar atuando nesse caso da Petrobras”, diz Requião.