Uma quadrilha fez refém a irmã do deputado federal Paulo Maluf, uma senhora de 95 anos, durante um assalto na residência onde ela mora, na região de Pinheiros, zona oeste de São Paulo, na tarde desta quinta-feira, 15. Quatro funcionários também foram dominados. Os bandidos conseguiram fugir.

Foto: Agência Câmara

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), um homem chegou na residência dizendo que iria fazer uma entrega e rendeu o vigilante, por volta das 13h30. Dessa forma, a entrada foi liberada para os outros bandidos.

Quatro funcionários que estavam na casa foram rendidos e tiveram os pertences roubados, segundo a Polícia Civil. Os criminosos usaram cadarços e gravatas para amarrar as vítimas, entre elas a irmã de Maluf.

Todos foram levados para um banheiro, onde ficaram trancados enquanto os assaltantes praticavam o roubo. A quadrilha levou objetos pessoais e joias.

A Polícia Militar foi adicionada para a ocorrência de roubo, mas os bandidos já haviam fugido quando chegaram ao local. A quadrilha usou uma Hylux e um Honda Civic na fuga, de acordo com as investigações.

O caso é investigado pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).