estadao_conteudo_cor-1

renan

(Foto: EBC)

Após ser principal alvo dos protesto dessa manhã em Brasília, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), divulgou nota em que afirma que as manifestações são legítimas. “O presidente do Senado, Renan Calheiros, entende que as manifestações são legítimas e, dentro da ordem, devem ser respeitadas”, diz o texto.

O peemedebista acredita ainda que, à semelhança do que houve em 2013, quando no auge das manifestações, o Senado votou propostas contra a corrupção, mais uma vez o Senado está “sensível às demandas sociais”.