Da Redação

O ex-deputado federal Luciano Pizzatto (PRTB) desistiu da candidatura à Prefeitura de Curitiba nesta sexta-feira (5) e foi anunciado como vice na coligação encabeçada por Maria Victoria (PP). Pizzatto chegou a ser confirmado, durante a última semana, como candidato do PRTB, mas voltou atrás neste último dia de convenções partidárias. Curitiba então deve ter nove candidatos na disputa eleitoral.

mariavictoria_pp

Foto: Divulgação

Maria Victoria é deputada estadual e filha do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e da vice-governadora do Paraná Cida Borghetti. Além de PP e PRTB, a chapa é composta ainda por PR, PMB e PHS. “Me sinto honrada em ser escolhida pelo Partido Progressista para disputar essa eleição majoritária. E eu quero deixar um legado. Curitiba merece voltar a ser referência”, disse a deputada estadual.

Candidatos

– Na quinta-feira (4), o PDT oficializou Gustavo Fruet como candidato à reeleição, mas o nome do vice segue indefinido. Nesta sexta-feira (5), ele participa da convenção do PPS e a expectativa é de que o nome saia durante a noite. A coligação conta ainda com PV, PTB e PRB.

– Rafael Greca, do PMN, confirmou o vice nesta sexta. Será o ex-assessor do governador Beto Richa e neto do ex-governador Paulo Pimentel, Eduardo Pimental Slavieiro. Greca tem o apoio de PMN, PTN, PSDB, PT do B, PSB, DEM e PSDC.

– Ney Leprevost, do PSD, tem como vice o médico oftalmologista João Guilherme Moraes, do PSC. O PCdoB também apoia Leprevost.

– Requião Filho foi oficializado como candidato do PMDB, tendo como vice Jorge Bernardi (Rede), mas uma liminar concedida em favor de Orlando Pessuti pode mudar a situação do partido ainda nesta sexta.

– Tadeu Veneri, do PT, tem como vice em chapa pura, o advogado trabalhista Nasser Ahmad Allan.

– Afonso Rangel, do PRP, empresário e Pró-Reitor da Universidade Tuiuti do Paraná, com o vice indefinido.

– Xênia Mello, do PSOL, que tem como vice Rodolfo Jaruga (PSOL). O PSOL vai compor a Frente de Esquerda ao lado do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

– Ademar Pereira, do PROS, que tem como vice Porfirio Vengue (PROS), constituindo uma chapa pura para a disputa eleitoral.