da Agência Brasil
O empresário multimilionário Horacio Cartes, candidato do Partido Colorado, foi eleito neste domingo (21) presidente do Paraguai. Ele assumirá no dia 15 de agosto um mandato de cinco anos. A eleição marca a volta dos colorados ao poder. O partido centenário governou o pais durante 61 anos (35 deles na ditadura), até ser derrotado nas últimas eleições presidenciais.
“Hoje tenho certeza que ganhou a República do Paraguai”, disse Cartes no seu discurso de vitória. De acordo com resultados preliminares, divulgados pela Justiça Eleitoral paraguaia, ele conquistou 46% dos votos – nove pontos percentuais acima do segundo colocado, o candidato do Partido Liberal Radical Autêntico (atualmente no governo), Efraín Alegre, que conquistou 37% do eleitorado. “A todos que não nos votaram, prometo fazer todo o esforço para conquistar a sua confiança”, prometeu Cartes.
Os colorados já estavam nas ruas, com bandeiras vermelhas, comemorando a vitória uma hora depois do fechamento das urnas, às 18h (horário de Brasília). As primeiras pesquisas de boca de urna já tinham dado Cartes como vencedor .
Efraín Alegre reconheceu a derrota poucas horas depois do fechamento das urnas. O presidente Federico Franco (do mesmo partido que Alegre) se colocou à disposição de Cartes: o governo dele só termina daqui a três meses. Mas o novo Congresso, que também foi eleito hoje (21), assume 45 dias antes