Ex-presidente Luiz Inácio Lula chega de helicóptero na sede da Polícia Federal em Curitiba após ser transferido de São Paulo, na noite deste sábado. Foto: ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDO

 

Na noite do último sábado (7), quando o ex-presidente Lula chegou de helicóptero a Curitiba, encontrou o bairro onde começará a cumprir sua pena dividido em dois pela Polícia Militar paranaense. De um lado, manifestantes de verde e amarelo favoráveis ao mandado de prisão do juiz Sérgio Moro; do outro, militantes de esquerda e simpatizantes, contrários à ida de Lula para a cadeia.

Agora, a primeira pesquisa de opinião após a prisão do petista mostra que o país inteiro está dividido: 46% dos brasileiros são contra a decisão de prender Lula, e 50% são favoráveis. A diferença está dentro da margem de erro, de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, segundo o IPSOS.

 

Para 57% dos entrevistados pelo IPSOS, Lula é culpado das acusações pelas quais está preso (32% acham que é inocente). Mais ainda: 69% consideram que o petista está envolvido de alguma forma nos esquemas de corrupção investigados pela Lava Jato.

Os pesquisadores foram às ruas entre os dias 7 e 10 de abril, e ouviu 1.200 pessoas nas cinco regiões brasileiras. E, durante este período, foi difícil achar alguém que não soubesse o que estava acontecendo: 99% dos entrevistados ouviram falar sobre a prisão de Lula.

 

Leia reportagem na íntegra aqui