Da Redação com Estadão

Marisa tem quadro irreversível – Foto: Divulgação

O estado de saúde da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva piorou ao longo desta quarta-feira, 1. Segundo a equipe de médicos que atendem a mulher do ex-presidente Lula, o quadro dela é “irreversível”. Segundo o cardiologista Roberto Kalil Filho, Dona Marisa não tem mais fluxo cerebral, está sedada e respira com ajuda de aparelhos. Ela está na UTI do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, acompanhada de familiares.

Segundo o cardiologista, três motivos levaram à piora do estado de saúde da ex-primeira-dama. A inflamação e o edema causados pelo AVC não regrediram, a pressão intracraniana aumentou e houve vasoespasmos (contrações de vasos sanguíneos) no cérebro. Durante a noite, ela passou por um exame para avaliar o fluxo sanguíneo no cérebro. Os resultados mostraram uma circulação mínima de sangue.

Segundo Kalil, o AVC foi causado pelo rompimento de um aneurisma que fora identificado dez anos atrás.