Marisa passará por mais dois exames para confirmar morte cerebral

A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva deve ser submetida nesta sexta-feira, 3, a um protocolo de avaliação com dois exames que pode confirmar sua morte cerebral. A informação foi divulgada em nota pelo marido, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo a nota, o primeiro exame deve acontecer ao meio-dia e o segundo “pelo menos seis horas após o primeiro, às 18h, para comprovar a perda definitiva e irreversível das funções cerebrais”.

A doação de órgãos, já autorizada pela família, pode ser efetivada apenas após a conclusão do protocolo, acrescenta o texto.

Lula agradeceu na nota as homenagens recebidas. “Agradecemos mais uma vez todo o carinho dos que querem prestar suas últimas homenagens a nossa querida Dona Marisa Letícia.”

Depois de passar a noite em casa, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, Lula volta a receber visitas de conforto nesta sexta-feira.

Nesta manhã, chegou ao Hospital Sírio-Libanês o deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), que disse ter ido dar um abraço no ex-presidente. “Ele está abatido, triste, mas está firme. Sabe que vai ter que enfrentar essa situação. É um homem muito forte e há de superar este momento”, disse.

Damous afirmou que toda a bancada do PT na Câmara está em São Paulo para prestar homenagens a Marisa que, afirmou, “foi uma militante importante no partido”.