Do Fabio Campana

A patrulha uiva de raiva e rancor, pois se sente preterida. A verdade é que o prefeito Gustavo Fruet, preocupado com a competência de seus auxiliares, se vê obrigado a convidar membros do governo anterior de Curitiba e também do Estado para fazer a máquina da Prefeitura funcionar. Além de nomear Osmar Bertoldi secretário de Habitação, e Meroujy Giacomassi Cavet para a Secretaria Municipal de Recursos Humanos, convida outros executivos que ocupavam cargos de confiança de Luciano Ducci e Beto Richa.

É o caso deFernando Guedes, ex-secretário de Relações com a Comunidade, indicado por Fruet para assumir a Superintendência da FAS (Fundação de Ação Social) de Curitiba. Enquanto Márcia Fruet, a primeira dama, conduzirá a parte executiva da FAS, Guedes vai tocar a máquina e todos os programas de assistência do município.